PTB fecha apoio a Alckmin na eleição à Prefeitura de SP

O PTB fechou hoje aliança com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), que disputa a sucessão à Prefeitura da capital paulista. O acordo foi selado por Alckmin e pelo presidente estadual e secretário nacional do PTB, deputado Campos Machado, em reunião na casa do ex-governador paulista. A aliança também vai garantir ao tucano o apoio do PSDC, de José Maria Emayel, que já havia firmado acordo com Campos Machado. Com esses acordos, Alckmin garante cerca de 5 minutos na propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV.Depois de confirmado o acordo, Campos Machado disse que apenas um nome da estatura do ex-governador Geraldo Alckmin fez com que sua legenda deixasse de apresentar candidatura própria nessas eleições municipais em SP. "Essa decisão está alicerçada na dignidade e na palavra empenhada", afirmou o deputado petebista.O nome de Campos Machado é o mais cotado para integrar a vaga de vice na chapa encabeçada por Alckmin. A decisão, porém, será tomada na convenção municipal da legenda, em junho. Também estão no páreo os nomes do senador Romeu Tuma e do deputado federal Arnaldo Faria de Sá.O anúncio oficial da aliança entre PTB e PSDC com o PSDB na capital será feito na segunda-feira. Nos próximos dias, esses partidos discutem a coligação proporcional (a chapa de vereadores). Depois da pressão sofrida por uma ala de seu partido para abrir mão da candidatura, em favor da aliança com os democratas do prefeito e candidato à reeleição, Gilberto Kassab, essa é a primeira aliança que Alckmin firma para a disputa dessas eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.