PTB expulsa filiado acusado de fraude na Assembléia do RS

Ubirajara Macalão é acusado de comprar selos com dinheiro do parlamento para repassá-los ao mercado

Elder Oligari, do Estadão

07 de agosto de 2007 | 19h44

A executiva estadual do PTB do Rio Grande do Sul expulsou nesta terça-feira, 7, do partido o ex-diretor de serviços administrativos da Assembléia Legislativa Ubirajara Amaral Macalão, acusado de comprar selos com dinheiro do parlamento para repassá-los com deságio ao mercado. O escândalo foi descoberto há um mês.  Uma sindicância da Assembléia Legislativa indicou que foram desviados cerca de R$ 3 milhões dos cofres públicos. O caso passou a ser investigado pela Polícia Federal, que vai apurar se havia envolvimento de funcionários e de franqueados dos Correios no esquema. A Polícia Civil também trabalha para verificar se havia outros funcionários e algum parlamentar envolvidos na fraude.

Tudo o que sabemos sobre:
PTBexpulsãoUbirajara Amaral Macalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.