PTB discute na quarta desligamento do bloco governista

Os seis senadores do PTB, partido do ministro de Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia, e do líder do governo na Câmara, José Múcio (PE), fazem uma reunião na quarta-feira para debater o desligamento do bloco governista e discutir a posição da bancada em relação à emenda constitucional que prorroga a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). A Executiva Nacional do PTB tem encontro marcado para o dia 28, quando deverá ser constatado que o governo não tem a maioria do partido.Até a reunião do comando nacional, presidido pelo ex-deputado Roberto Jefferson, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) pretende reforçar o movimento em favor do fechamento de questão contra a CPMF. "Vou fazer uma boa conspiração", afirmou Mozarildo que tem conversado com Jefferson sobre os problemas da bancada no Senado. Apesar disso, ele considera "muito difícil" o partido tomar essa decisão. "Com certeza não vamos fechar a favor, mesmo porque o governo não tem maioria no PTB", ressaltou.Na semana passada, Mozarildo Cavalcanti foi destituído da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) pela líder do PT, senadora Ideli Salvatti (SC), para não votar contra o tributo. Na reunião da CCJ, Ideli informou aos senadores que a decisão havia sido acertada com o líder do PTB, senador Epitácio Cafeteira (MA). O líder petebista, no entanto, contestou a versão da senadora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.