PTB discute aliança com PSDB pela Prefeitura de SP

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP) e pré-candidato do PTB à prefeitura de São Paulo, Luiz Flávio Borges B''urso, informou nesta noite que o PSDB e o PTB têm conversado, nos últimas semanas, sobre uma aliança para o pleito. Ele também não descartou a possibilidade de abrir mão de sua candidatura em nome dessa composição.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2012 | 01h44

O pré-candidato do PTB, que assiste ao desfile das escolas de samba no Camarote da Prefeitura de São Paulo, no sambódromo do Anhembi, lembrou que, em 2008, PTB e PSDB formaram uma dobradinha para a disputa da prefeitura de São Paulo, a qual teve como candidato o atual governador, Geraldo Alckmin. "Eu não rejeito conversar com nenhum partido", afirmou. "Se o partido assim decidir, eu sou um soldado dele", acrescentou.

O presidente da OAB-SP avaliou ainda que, nos últimos dias, dois fatos novos ocorreram que podem ter impacto na disputa eleitoral deste ano em São Paulo. Um deles, segundo B''urso, é a eventual entrada do ex-governador de São Paulo, José Serra, na corrida eleitoral, o que pode facilitar alianças ao PSDB. O segundo fator é a aprovação pelo Supremo Tribunal Federal da Lei da Ficha Limpa que, válida para as eleições deste ano, pode barrar algumas candidaturas em todo o Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçãoPTBPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.