PT vai recorrer da cassação em Mauá, diz Dirceu

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse hoje que o PT está recorrendo da decisão da Justiça Eleitoral que cassou a candidatura de Márcio Chaves, candidato do partido à reeleição da Prefeitura de Mauá. "Na nossa opinião não houve crime eleitoral", disse Dirceu. "Acreditamos que o Tribunal poderá ainda reconsiderar a sua posição."Dirceu ressaltou que "uma exposição realizada seis meses antes das eleições sobre o aniversário da cidade não me parece uma base para se cassar uma candidatura, ainda que o PT tenha convocado a população para assisti-la."O ministro disse também que "se houve crime eleitoral é preciso que seja feita uma nova eleição. Caso isso ocorra, o PT irá aguardar uma decisão sobre a inelegibilidade de Chaves para definir o seu candidato. "Há recursos também para essa questão da inelegibilidade", disse Dirceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.