PT vai procurar dissidentes do PFL, PTB e PMDB

O PT pretende emplacar duas ações para aumentar suas chances na disputa das eleições 2002. Hoje, no Recife, o presidente de honra do partido, eventual candidato à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse que o PT vai investir nos dissidentes do PFL, PTB e PMDB e ao mesmo tempo elaborar soluções concretas para os problemas sociais do País.No dia 16 de outubro o PT vai apresentar o projeto Fome Zero, com alternativas para eliminar a fome no País. "O Brasil produz o suficiente para alimentar seus habitantes. No entanto, nove milhões de famílias passam fome. O Projeto Fome Zero vai conter políticas públicas para eliminar esse problema. E o projeto não terá como paternidade o PT, poderá ser usado por qualquer governante que desejar".Lula também criticou duramente a ação do FMI e disse que o Brasil precisa oferecer mão de obra qualificada para começar a ser visto com outros olhos. "Os países ricos não estão preocupados com quem será o presidente da República, mas sim com o que cada país tem a oferecer. Se investirmos no desenvolvimento tecnológico do Brasil seremos atrativos.Sucessão- Quanto aos prováveis canditados à presidência da República, Lula disse que apenas Itamar Franco deve ser levado a sério. "Posso até não concordar com a administração de Itamar, mas ele deixou o governo com uma boa marca de aceitação popular e deve ser levado a sério". Já alianças com o PFL, PTB e PMDB foram completamente descartadas pelo petista. "Podemos até conversar, porque converso com qualquer partido, mas não há aliança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.