PT vai insistir no processo contra Onyx, diz Berzoini

O presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), disse que se o Conselho de Ética da Câmara arquivar o pedido de cassação do deputado Onyx Lorenzoni (PFL-RS), o PT vai entrar com um novo processo contra ele. O Conselho ainda discute se vai aceitar o processo contra o pefelista gaúcho, depois que perícia feita pela Polícia Civil do Distrito Federal constatou ser falsa a assinatura que consta na representação encaminhada, ano passado, pelo PT contra Lorenzoni. Na época, respondia pela presidência do PT o ex-ministro da Educação Tarso Genro."Nossa vontade política não pode ser desfeita por uma medida burocrática", afirmou Berzoini, observando que, se tiver havido uma falsificação, é preciso que isso seja investigado. Mas que isso não deve servir de argumento para sobrestar o processo contra o pefelista gaúcho. "Se houver decisão do Conselho de sobrestar, não vamos deixar de exercer o direito de processar o deputado", afirmou.O PT decidiu processar Lorenzoni, no ano passado, acusando-o de ter divulgado dados sigilosos da CPI dos Correios de maneira destorcida com objetivo de comprometer o então deputado José Dirceu (PT-SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.