PT vai construir sede em Brasília

O PT decidiu construir uma sede própria em Brasília. Assim, seus dirigentes poderão despachar perto do Palácio do Planalto, onde trabalha o petista mais ilustre, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A sede própria do PT deverá ficar pronta dentro de um ano. "Será um projeto simples", conta o tesoureiro-geral do PT, Delúbio Soares, encarregado de cuidar da construção da obra.A decisão do PT de fazer uma sede nacional em Brasília é uma novidade que nunca havia sido admitida pelo presidente nacional do partido, deputado José Genoino (SP). Ele sempre disse que, no comando do PT, separaria o partido do poder. Uma coisa, segundo Genoino, é o partido; outra, a ocupação momentânea do Executivo. Ainda conforme Genoino, não se pode estatizar um partido. Ele já foi comunicado por Delúbio Soares da decisão de se fazer a sede do partido em Brasília. Por enquanto, segundo ele, o PT está conversando com o governo de Brasília, porque os terrenos destinados pelo Executivo para a construção das sedes de todos os partidos com representação na Câmara não foram totalmente legalizados. Os lotes ficam num espaço ao lado da Esplanada dos Ministérios, próximos às embaixadas da Asa Sul. Apenas o PDT construiu a sua sede própria no local.O PMDB e o PFL ocupam salas da Câmara e do Senado. O PSDB e o PPB alugam suas sedes em prédios da região central de Brasília. O PSB e o PTB instalaram-se em edifícios comerciais da Asa Norte. PL, PPS e PC do B, entre outros, não têm sede em Brasília. Quando precisam fazer alguma reunião, usam os espaços destinados às suas lideranças no Congresso.O tesoureiro do PT ainda não tem a avaliação de quanto será gasto com a construção do imóvel do PT. "Precisamos saber antes qual o tamanho do terreno. Não queremos nada grandioso. Apenas uma sede simples. A planta será feita por um engenheiro de São Paulo e será muito bonita", disse Delúbio.Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula - Os primeiros 100 dias Veja o índice de notícias sobre a transição e a Presidência

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.