PT tentará recuperar mandatos de infiéis, diz Berzoini

O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, disse hoje que o partido decidiu que entrará na Justiça para recuperar os mandatos de um deputado federal e dos deputados estaduais e vereadores que deixaram a legenda após o dia 27 de março, se baseando no resultado do julgamento de ontem do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a fidelidade partidária. "O Diretório Nacional do PT orienta todos os diretórios do Brasil, municipais e estaduais, além do nacional, a pedir na Justiça aquilo que o Supremo decidiu ontem, sobre os parlamentares que deixaram os partidos depois de 27 de março. Nós vamos reivindicar a devolução do mandato ao suplente imediato de cada bancada", anunciou Berzoini. Ele não soube dizer quantos parlamentares estão envolvidos nos planos municipal e estadual. No plano federal, a iniciativa petista atingirá o deputado Paulo Rubens Santiago (PE), que deixou a legenda para se filiar ao PDT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.