PT também quer averiguar contratos do lixo

O vereador petista José Mentor, indicado pela prefeita Marta Suplicy (PT) para ser o líder do governo na Câmara Municipal de São Paulo, afirmou nesta quinta-feira à tarde que a investigação dos contratos das empresas responsáveis pela coleta de lixo na capital é um dos temas elencados pelo próprio PT para se transformar em uma CPI na Câmara. Mentor afirmou que a bancada do PT listou mais de 20 temas passiveis de serem alvos de CPIs. Entre eles, segundo o vereador estariam o Plano de Atendimento à Saúde (PAS), o esquema de propina dos fiscais da Prefeitura e os contratos com as empresas coletoras de lixo, que foram repetidas vezes denunciados durante a administração do prefeito Celso Pitta (PTB). O vereador negou que seu partido pretenda ocupar o espaço das cinco CPIs permitidas pelo regimento da Câmara com outros temas para impedir uma possível CPI do lixo, que acabaria investigando contratos de emergência feitos pela atual administração com as empresas coletoras, no ínicio deste ano. "Os contratos recentes da Prefeitura estão dentro da mais absoluta legalidade", garantiu ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.