PT-SP confirma expulsão de Moura em votação unânime

Deputado disse que vai recorrer da decisão

CARLA ARAÚJO, Estadão Conteúdo

01 de agosto de 2014 | 12h17

O diretório estadual do PT confirmou por unanimidade em reunião na manhã desta sexta-feira, 01, a expulsão do deputado estadual Luiz Moura (PT). Participaram do encontro cerca de 50 pessoas, incluindo membros da corrente de Moura dentro do partido, a PTLM (Partido dos Trabalhadores de Lutas e Massas).

A decisão já havia sido anunciada ontem pela comissão executiva estadual, mas ainda precisava ser ratificada pelo diretório. Moura é suspeito de ligação com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Ao tomar conhecimento da indicação da executiva ontem, Moura afirmou que vai recorrer da decisão com uma arguição de suspeição contra a comissão, dizendo que ela não tem "moral" para julgá-lo.

Mais conteúdo sobre:
Luiz MouraexecutivaPTexpulsão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.