PT-SP alega plágio de slogan e vai à Justiça contra PMDB

O presidente do PT-SP, Emídio de Souza, afirmou que o partido vai acionar a Justiça contra o PMDB por um suposto plágio do slogan da campanha de Alexandre Padilha. O candidato petista usa a frase "Para mudar de verdade". Já a campanha de Paulo Skaf (PMDB) adotou o slogan "Mudança de verdade", gesto que Emídio classificou como "desleal".

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agência Estado

18 Junho 2014 | 14h38

"No dia seguinte (à convenção do PT que escolheu Padilha), a campanha do candidato do PMDB, de maneira desrespeitosa, rasteira, desleal e acima de tudo, absolutamente contraditória - pois quem deseja mudança cria e não copia - noticiou uso de slogan similar, num ato de plágio inaceitável", afirmou o presidente do PT em nota. O PT informa que continuará a usar o slogan e espera agora que o PMDB se abstenha de usar a mensagem em sua campanha.

Mais conteúdo sobre:
PT PMDB plágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.