PT repudia morte de integrantes do MST em Minas

O Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores divulgou neste domingo, durante reunião em São Paulo, moção de repúdio às mortes de cinco trabalhadores rurais sem-terra, ocorridas ontem em Felisburgo, Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Na nota, os integrantes do Diretório Nacional classificam os crimes de brutais e exigem a punição dos responsáveis."No Dia Nacional da Consciência Negra, jagunços armados tomaram de assalto um acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). De maneira covarde, foram assassinados 5 trabalhadores. Há muito feridos. O Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores repudia veementemente esse brutal ato. Exige apuração até o fim e punição dos responsáveis", diz a íntegra da nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.