PT recomenda que prefeitos reforcem segurança

O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) informou que está recomendando aos prefeitos do partido que reforcem sua segurança a partir de hoje. A orientação está sendo dada em função do atentado sofrido pelo prefeito de Embu das Artes, Geraldo Cruz, durante a madrugada. A casa do prefeito foi atingida por uma bomba que, segundo as primeiras informações, teria sido lançada na varanda superior do sobrado. A explosão do artefato atingiu a porta do quarto onde o prefeito dormia com a esposa, além de derrubar parte da laje da garagem da casa. O casal sofreu ferimentos leves, ao ser atingido pelos estilhaços, mas a explosão não teve conseqüências mais graves.Além do prefeito, o secretário de governo da Prefeitura de Embu das Artes, Paulo Gianazzi, também teve sua casa atingida por uma bomba durante a madrugada, segundo informou o presidente estadual do PT, Paulo Frateschi. Ele já chegou a Embu e deve visitar o prefeito em sua residência.Frateschi afirmou que irá se reunir também hoje com o delegado seccional de Embu para pedir agilidade nas investigações. "Não podemos dar palpite e dizer que o atentado pode ter sido obra deste ou daquele grupo. O que podemos é apenas pedir para que a polícia investigue", disse.O presidente estadual do PT afirmou ainda que o líder do partido na Assembléia Legislativa, Carlinhos de Almeida, deve acionar ainda hoje a Secretaria do Estado de Segurança Pública. "A coisa está ficando feia e é preciso alertar os demais prefeitos que reforcem sua segurança", observou Frateschi. Ele lembrou que o prefeito de Campinas, Antônio da Costa Santos, o Toninho do PT, foi assassinado no dia 10 de setembro e que no dia 13 deste mês prefeitos petistas foram ameaçados por carta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.