PT quer salário de Lula para comprar a sede do partido

Na busca pelo dinheiro para comprar sua sede própria em São Paulo, o PT vai pedir que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva doe o equivalente a um salário que recebe. Lula, como os petistas que ocupam cargos eletivos, já doa por mês 20% do salário ao partido. A campanha em caráter especial agora é para arrecadar dinheiro para comprar um prédio de 4 mil a 5 mil metros quadrados de área útil, segundo o tesoureiro do PT, Delúbio Soares. "Vou pedir. Na hora certa", afirmou sobre a intenção de conseguir cerca de R$ 8 mil líquidos de Lula.Nesse mutirão arrecadador, o PT conseguiu também que os deputados estaduais de São Paulo assumissem o compromisso de dar um salário para comprar a sede. "Eles podem dividir o pagamento em várias parcelas, desde que terminem de pagar nos próximos dois anos", disse Delúbio. Na campanha pela casa própria, a direção do PT já enviou uma carta a todos os filiados pedindo contribuição. Também está tentando convencer empresários a participar com valores que variam de R$ 5 mil a R$ 500 mil. Além disso, a dupla Zezé di Camargo e Luciano está fazendo shows para ajudar o partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.