PT quer que BNDES explique operação Globocabo

A votação dos dois requerimentos apresentados pelo PT com o objetivo de esclarecer a operação de capitalização da Globocabo pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi adiada para a próxima quarta-feira.O deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) apresentou requerimento à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, solicitando que o presidente do BNDES, Eleazar de Carvalho, seja convidado a explicar a operação. ?Será uma audiência pública, para que o presidente do Banco explicite os pareceres dos técnicos sobre a operação?, justificou o deputado.Ele disse que a dívida consolidada do grupo, calculada em quase R$ 1,6 bilhão, traz um risco acentuado para os investidores que estão aumentando sua participação no Banco. Entre eles está o BNDES, que deve aplicar mais R$ 284 milhões na operadora de TV por assinatura.?É um risco acentuado numa empresa que não demonstra viabilidade?, reclamou o deputado. Segundo Berzoini, para a mesma audiência deve ser convidado o diretor-geral da Globocabo, Luiz Antônio Viana. O requerimento não foi votado por falta de quórum na Comissão.O mesmo ocorreu na Comissão de Ciência e Tecnologia, onde o deputado Walter Pinheiro (PT-BA) tentar aprovar requerimento com objetivo semelhante. Pinheiro enviou também um pedido de informações sobre o assunto ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sérgio Amaral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.