PT quer dirigir processo de sucessão presidencial

O Partido dos Trabalhadores (PT) será o "dirigente da condução do processo sucessório presidencial" de 2010. A posição foi aprovada hoje no terceiro dia do 3º Congresso Nacional do PT, realizado em São Paulo. A emenda que trata da estratégia eleitoral estabelece que o partido deve "preservar a coalizão governamental, aperfeiçoar a base de sustentação política, porém sem se esquecer de fazer a defesa dos interesses do partido, dos trabalhadores e dos movimentos sociais", segundo informações do site do PT.A proposta aprovada hoje propõe a realização de "um amplo processo de debate interno para formular, a partir de nossas experiências no governo federal e dos avanços até lá alcançados, um programa para o mandato 2011-2014". Com base nesse debate, será construída "uma candidatura petista capaz de liderar, juntamente com outros partidos, uma ampla aliança partidária e social e vencer as eleições de 2010".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.