PT quer aceleração na queda de juro, diz dirigente

O Partido dos Trabalhadores (PT) está preparando uma série de relatórios com as diretrizes para o programa a ser defendido pelo partido na campanha presidencial. Segundo o deputado estadual e secretário-geral do PT, Raul Pont (RS), o conteúdo dos documentos defende uma maior aceleração no processo de diminuição dos juros no País. "Com a estabilidade e o reconhecimento externo do Brasil não há razão para manter o superávit primário nos patamares atuais. Esse dinheiro deveria ser investido em obras populares e em mais financiamentos para os municípios", avaliou Pont.O secretário-geral do PT disse que os documentos prevêem mecanismos para uma maior participação popular no governo. Os textos já estão circulando entre os dirigentes do partido e serão apresentados oficialmente na reunião do diretório nacional, nos dias 18 e 19 de março. "Essas diretrizes certamente devem ser aprovadas", opinou o deputado gaúcho. A aprovação como resolução final ocorrerá somente no dia 30 de abril, data em que o partido definirá seu programa de governo e todos os candidatos que concorrerão nas eleições de outubro.Embora o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tenha oficializado sua candidatura à Presidência da República, Pont alegou que o PT não tem outra hipótese. "A essa altura não tem mais como, estamos trabalhando com o nome dele. Até agora, ele não sinalizou nada ao contrário", disse em entrevista à Agência Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.