PT precisa avaliar governo Lula e propor mudanças, diz Dirceu

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse, durante reunião do Diretório Nacional do PT, acreditar que chegou a hora de o partido fazer um balanço dos dois primeiros anos do governo Lula e apresentar ao presidente propostas de mudanças. "Isso é mais do que legítimo e eu considero necessário",afirmou.Dirceu não quis apontar quais mudanças deveriam ser apresentadas a Lula. "Essas mudanças o Diretório Nacional vai discutir, debater e apresentar", afirmou. "Como já disse, não sou um dirigente do PT atuante, não participo constantemente e tenho responsabilidade sobre o governo", acrescentou.O ministro-chefe da Casa Civil também afirmou que só o próprio presidente é quem poderia mostrar disposição em acatar ou não eventuais sugestões feitas por dirigentes do PT. "Quem fala sobre o governo nesse sentido é só o presidente Lula. Eu não posso falar", comentou. "Estou aqui como membro do Diretório Nacional e, nesta condição, acho que o partido deve fazer (sugestões)."Dirceu reafirmou que o governo Lula tem "melhorado muito" a condição do País. Ele citou a redução da dívida externa e disse que o País está hoje menos exposto. "Um País que tinha um déficit violento e hoje tem superávit de conta corrente", comentou ele, acrescentando que o governo tem aprofundado sua política industrial, tecnológica e de desenvolvimento.O ministro voltou defender a necessidade de formação de um governo de coalizão. "O que não pode é um partido como o PT apoiar o governo e não participar dele", comentou. "A realidade é que a sociedade elegeu o presidente Lula, mas não deu maioria ao PT."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.