PT pede que PF investigue panfletos contra Dilma no PI

O PT pediu que a Polícia Federal investigue a distribuição de panfletos com a "ficha corrida" da ex-ministra Dilma Rousseff no Departamento de Ordem e Política Social (DOPS). Para o presidente regional do PT, Fábio Novo, trata-se de uma campanha difamatória no centro de Teresina para prejudicar a pré-candidata petista à Presidência da República.

LUCIANO COELHO, Agência Estado

04 Maio 2010 | 17h33

O panfleto traz uma cópia da ficha 00237 de Dilma Vana Rousseff Linhares no período da ditadura militar. O documento identifica a ex-ministra como terrorista e assaltante de bancos.

Para Fábio Novo, esse é um ato criminoso e preconceituoso. O presidente estadual do PT fez uma representação formal contra a distribuição do panfleto e pediu que a PF identifique a origem do material.

"Vejo um gesto de preconceito com Dilma por ela ser mulher. É um ato de desespero. Lamento que isso esteja acontecendo. É um registro rasteiro. Isso é muito ruim", avaliou.

Mais conteúdo sobre:
eleição PT Dilma Rousseff panfleto Piauí

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.