Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

PT orienta candidatos a prefeito a defender Lula, diz Rui Falcão

Sobre as eleições de 2018, o presidente do partido disse que Lula é um forte candidato, porque é 'querido e desejado por uma grande parcela da sociedade'

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2016 | 16h05

SÃO PAULO - Reunida nos dois últimos dias em São Paulo, a direção do PT decidiu que os candidatos do partido às prefeituras devem se manifestar contra o que a legenda chama de perseguição política e judicial contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com a assessoria de imprensa do diretório, o PT convocará uma série de atos em solidariedade ao ex-presidente e haverá renovação da direção do partido durante um congresso em dezembro deste ano. As decisões foram informadas pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 16.

Segundo Falcão, o PT está orientando os candidatos às prefeituras nas capitais e nas cidades onde há segundo turno a lerem uma nota padrão para demonstrar solidariedade ao ex-presidente e, se possível, organizar manifestações. Sobre as eleições de 2018, o presidente disse que o nome de Lula é "querido e desejado por uma grande parcela da sociedade" e por isso seria um forte candidato. Ele não mencionou nenhum nome alternativo para a disputa, a fim de, segundo a assessoria, evitar perseguição política a outros membros da legenda. 

Tudo o que sabemos sobre:
PTRui FalcãoLulaOperação Lava Jato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.