Pedro França/Agência Senado
Pedro França/Agência Senado

PT opta por mulheres nos postos de comando do partido no Senado

Além da liderança da legenda, as duas comissões a que o PT tem direito em 2017-2018 serão comandadas por senadoras

Isabela Bonfim, O Estado de S.Paulo

15 Março 2017 | 15h23

BRASÍLIA - A bancada do PT no Senado optou por indicar parlamentares mulheres para os cargos do partido na Casa. Além da liderança da legenda, as duas comissões a que o PT tem direito no biênio 2017-2018 serão comandadas por senadoras. 

A questão foi destacada pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN), que foi eleita, nesta quarta-feia, 15, presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional. Para ela, a decisão representa uma forma de "valorização do papel da mulher na política". À frente do colegiado, a senadora prometeu um "olhar regional" para o desenvolvimento nacional. 

Além de Fátima, a senadora Regina Sousa (PT-PI) irá presidir a Comissão de Direitos Humanos (CDH). A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) foi escolhida a líder do PT no Senado no início do ano. O único cargo de comando do PT no Senado que não será exercido por uma mulher é a primeira-secretaria da Mesa Diretora, exercido pelo senador José Pimentel (PT-CE).

O fato de não haver nenhuma mulher na composição da Mesa Diretora do Senado no biênio 2017-2018 foi criticado pela senadora Regina Sousa. "Não há espaço para a pauta feminina na Casa, não é prioridade para eles. Exemplo disso é o fato de não haver nenhuma mulher na Mesa Diretora", afirmou a senadora ao Estado no Dia Internacional da Mulher. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.