PT oficializa hoje candidatura de Marta Suplicy

A uma semana do início oficial da campanha eleitoral, o PT formaliza hoje o nome da ex-ministra Marta Suplicy como candidata à Prefeitura de São Paulo. PT, PSB, PC do B, PDT, PRB e PTN estarão pela primeira vez numa chapa conjunta na capital paulista para tentar eleger a petista. A formação do que essas siglas chamam de uma ?frente de esquerda? garantirá a Marta o segundo maior tempo na propaganda eleitoral gratuita, com quase 7 minutos e 30 segundos.Além do tempo no rádio e na televisão, a coligação dará à petista outra vantagem significativa em relação aos rivais: a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu palanque. No evento de hoje, marcado para começar às 9 horas no Expo Barra Funda, a decoração será um dos indícios da estratégia de Marta para a disputa.Estarão espalhados banners com a imagem da petista ao lado do presidente, acompanhada da mensagem: ?Marta e Lula. São Paulo com nova atitude?. As peças foram idealizadas por João Santana, marqueteiro da campanha vitoriosa de Lula à reeleição. Marta já começou a associar sua imagem à do presidente. Nas últimas semanas, tem dito, por exemplo, que o programa Renda Mínima implantado por ela na cidade de São Paulo serviu de inspiração para o Bolsa-Família, menina-dos-olhos do governo Lula na área social. Lula foi convidado para o ato de hoje. Mas, até ontem, nem membros da direção petista tinham uma confirmação sobre a presença. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.