PT nega ligação da campanha de Dilma com arapongas

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, afirmou que o jornalista e consultor Luiz Lanzetta não tem "nenhuma relação" com a campanha da ex-ministra Dilma Rousseff à Presidência da República nem autorização ou recomendação de seu comando para tratar de contratação de arapongas e da fabricação de dossiês contra adversários políticos.

EQUIPE AE, Agência Estado

05 de junho de 2010 | 16h00

Lanzetta, dono da empresa Lanza Comunicação, que presta serviço de contratação de jornalistas para a campanha de Dilma, foi apontado como articulador de contatos com espiões para a produção de dossiês sobre adversários da petista, principalmente de tucanos.

Partido Verde

A pré-candidata à presidência da República pelo Partido Verde, Marina Silva, disse hoje que a possível participação de arapongas no preparo de dossiês contra outros candidatos "é um risco à democracia". "Qualquer coisa nesse sentido não pode ser aceita pela sociedade, pela Justiça, por ninguém. Nada pode colocar em risco esse processo democrático das eleições", disse Marina, durante visita ao Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Inpe, em Cachoeira Paulista (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
ArapongaDutraPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.