PT nega contratação de marqueteiro de Obama

O PT negou hoje, em nota, que tenha contratado ou sondado o sócio-fundador da Blue State Digital e especialista em marketing digital e telefônico, Ben Self, para a eventual campanha da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ao Palácio do Planalto em 2010. Na semana passada, veículos de imprensa informaram que o responsável pela campanha de Barack Obama nas últimas eleições americanas havia fechado contrato com os petistas na residência oficial de Dilma, em Brasília.

AE, Agencia Estado

21 de setembro de 2009 | 18h48

Na nota, o PT esclarece que Self visitou no último dia 16 o Diretório Nacional da sigla e trocou impressões com o publicitário João Santana, marqueteiro petista, sobre as possibilidades da internet em uma campanha eleitoral.

Fundador da BSD, Self ajudou a formatar em 2008 a estratégia que arrecadou US$ 500 milhões para a campanha de Obama à presidência dos Estados Unidos. Dados da empresa apontam que foram obtidas cerca de US$ 6,5 milhões de doações online - uma média de US$ 80 por doação -, o que criou um novo paradigma sobre financiamento de campanha nos EUA e no mundo.

Uma das inovações da BSD foi pulverizar as doações por várias páginas de relacionamento na internet, que tinham em comum o apoio à campanha de Obama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.