PT não sabe governar o País, diz FHC

Tucano em Congresso do PSDB realizado em SP ao lado do provável candidato do partido à Presidência, o senador Aécio Neves

Gustavo Porto , Agência Estado

25 de março de 2013 | 21h54

SÃO PAULO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou nesta segunda-feira, 25, o governo federal, o PT e à base aliada durante Congresso do PSDB realizado em São Paulo.

"Essa gente não sabe governar o País. Olha o que fizeram com o petróleo. É um crime", exemplificou FHC, numa referência à crise da Petrobras.

"Juntaram o governo, com o partido, com o Estado, com o mesmo marqueteiro", completou ele, numa referência aos anúncios feitos pela presidente Dilma Rousseff da redução do preço da energia e da desoneração da cesta básica, em cadeia nacional de rádio e televisão.

FHC classificou a alta de 0,9% no Produto Interno Bruto (PIB) como um "pibinho que chega numa época em que outros países crescem". O ex-presidente alertou ainda para a alta da inflação e rebateu as afirmações de que o PSDB é partido de ricos e dos banqueiros. "Quem dá dinheiro para banqueiros sem parar são eles. Dão ao BNDES, que dá aos bancos", ironizou.

FHC deixou o evento antes do pronunciamento do governador Geraldo Alckmin e do senador Aécio Neves, provável candidato do partido à Presidência em 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.