PT-MG quer fazer o próximo presidente da Câmara

O PT de Minas Gerais já trabalha abertamente pela candidatura do deputado federal Virgílio Guimarães para a Presidência da Câmara dos Deputados. Descartada a possibilidade de reeleição do atual presidente, João Paulo Cunha (PT-SP), os mineiros se mobilizam em torno do nome de Guimarães. A principal justificativa é o fortalecimento do partido no Estado, com a reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, e o crescimento do número de prefeituras conquistadas. "Minas Gerais é o estado em que o PT saiu mais fortalecido nessas eleições. O apoio ao Virgílio é nesse sentido", disse a deputada federal Maria do Carmo Lara, presidente estadual do partido. Na reunião realizada sábado pelo diretório mineiro, foi aprovada moção de apoio à candidatura do deputado. A iniciativa contou com os integrantes mineiros da Articulação, ala majoritária dentro do PT nacional. A moção - aprovada quase por unanimidade, com apenas uma abstenção - foi proposta pelo líder do PT na Assembléia Legislativa, deputado estadual Rogério Correia. Ele justificou a medida argumentando que os paulistas se apressaram em lançar o nome do deputado Professor Luizinho, líder do governo na Casa, como candidato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.