PT: líderes avaliam pedido de cassação de ACM

Os líderes do PT na Câmara, Walter Pinheiro, e no Senado, José Eduardo Dutra, além do presidente do partido, deputado José Dirceu, se reúnem para fazer uma análise política sobre os efeitos de um eventual pedido de cassação do senador Antônio Carlos Magalhães por quebra de decoro. O deputado petista Milton Temer antecipou que uma decisão já está tomada: a oposição não fará um pedido simples de cassação do senador. Na avaliação de setores da oposição, o pedido de cassação feito isoladamente só atenderia aos objetivos do governo, neste momento. A idéia é que seja uma ação articulada, com o objetivo de apurar as denúncias feitas pelo senador. "O eixo principal não é a cassação de quem está denunciando. É a investigação das denúncias, que podem levar, inclusive, à cassação do denunciante", afirmou.

Agencia Estado,

01 de março de 2001 | 12h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.