PT faz seminário na China com Partido Comunista local

Os partidos no governo de China e Brasil abriram hoje um seminário, em Pequim, com a intenção de ampliar as relações entre as duas agremiações. Wang Jiarui, chefe do departamento internacional do Partido Comunista da China, e José Eduardo Cardozo, secretário-geral do Partido dos Trabalhadores (PT), fizeram a sessão de abertura do evento, informou a agência estatal chinesa Xinhua.

GABRIEL BUENO, Agencia Estado

19 de maio de 2009 | 10h25

O seminário, de dois dias, enfoca as causas e os impactos da crise financeira global, política partidária e as eleições nacionais do País em 2010, entre outros tópicos, relata a Xinhua. É o segundo encontro do gênero entre o Partido Comunista da China, com 70 milhões de membros, e o PT, que possui 800 mil filiados. O primeiro foi realizado em São Paulo, em maio de 2008. O evento ocorre durante visita oficial de três dias do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à China. Dezenas de funcionários e pesquisadores chineses e brasileiros participam do seminário.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaPTPartido Comunista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.