EDUARDO NICOLAU/Estadão
EDUARDO NICOLAU/Estadão

PT está unido em torno da minha candidatura, diz Padilha

Candidato disse que partido nunca "esteve tão unido em torno de uma candidatura em São Paulo"

STEFÂNIA AKEL E WLADIMIR DANDRADE, Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 16h45

O candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, Alexandre Padilha, iniciou nesta quinta-feira a entrevista na série "Entrevistas Estadão" defendendo a união do partido em torno de sua candidatura e ressaltando o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Não subestimem a força do PT", frisou Padilha. "Nunca o PT esteve tão unido em torno de uma candidatura em São Paulo como está da minha. Tenho muito orgulho de ser apoiado por Lula e Dilma", acrescentou.

Questionado sobre o apoio de Paulo Maluf, Padilha respondeu que dialoga "com respeito" com lideranças de outros partidos e aproveitou para criticar a gestão do atual governo. "Os partidos decidiram consolidar três candidaturas, uma que governa há 20 anos e não resolveu problema da água e segurança pública, outra juntou ex-governadores de SP e a nossa, que vai governar pela primeira vez", afirmou. Segundo ele, seu projeto de governo vai incluir todo o Estado de São Paulo. Padilha afirmou que, ao longo da campanha, o eleitor vai perceber a diferença entre os programas. Padilha é o quarto convidado da série Entrevistas Estadão, da qual participam os principais candidatos ao governo de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.