PT entrará com ação por danos morais contra Mendes

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, revelou há pouco que o partido entrará, na próxima quarta-feira (12), com uma ação por danos morais contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O motivo são as declarações de Mendes de que as doações feitas para o pagamento de multas de petistas condenados e presos pelo mensalão poderiam ser fruto de lavagem de dinheiro.

GUSTAVO PORTO E RICARDO GALHARDO, Agência Estado

08 de fevereiro de 2014 | 13h01

Falcão explicou que o partido já interpelou Mendes junto ao STF para que ele explique formalmente as declarações e prometeu ampliar o ataque ao ministro. "A declaração do Gilmar Mendes é uma tentativa de intimidar. O interpelamos judicialmente para que ele se explique e, na quarta-feira, ingressaremos com ação de danos morais, porque (ele) não tem direito de atingir o PT", disse Falcão, em discurso em Ribeirão Preto (SP), no lançamento da "Caravana Horizonte Paulista", evento que antecede a provável campanha do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha ao governo paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
PTaçãoMENDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.