PT elege hoje novo presidente

O PT que vai hoje às urnas para escolher seu presidente e renovar as direções em todo o País tem sobre a estrela vermelha um foco que abrange muito mais do que o conflito entre facções.Na primeira eleição direta da história de um partido brasileiro, aberta a todos os filiados e com 1.100 urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), está em jogo o rumo da legenda para 2002.Não é pouco. O teste para a consolidação da hegemonia dos moderados no PT põe na berlinda o tom do programa de governo e a política de alianças que vai nortear a campanha do provável candidato petista à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva."O resultado desta eleição vai clarear o perfil do PT para 2002", resume o deputado José Genoíno, presidente interino do partido.Seis candidatos disputam o comando nacional do PT. O franco favorito é o deputado José Dirceu (SP), presidente licenciado, que concorre ao quarto mandato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.