PT e PSDB lideram novas filiações de 2007, diz TSE

Segundo dados divulgados na quarta-feira, mais de 815 mil eleitores se filiaram a partidos no ano passado

Agência Brasil

03 Janeiro 2008 | 16h31

Em um ano, 815,5 mil eleitores se filiaram a um dos 27 partidos políticos registrados na Justiça Eleitoral do País. Entre as principais legendas, o Partido dos Trabalhadores (PT) liderou o crescimento com 108 mil novos filiados, seguido do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), com 100 mil.  Os dados - divulgados na quarta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - mostram que, em novembro de 2007, o número de filiados em todo o País chegou a 12.398.639, em um total de 127.218.165 eleitores. Em novembro de 2006, o número de filiados era de 11.583.077, num universo de 125.689.656 eleitores.  O balanço do TSE mostra que o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) é a maior legenda do país e conta com 2.096.121 filiados. Em segundo lugar está o Partido Progressista (PP), que tem 1.279.331 filiados. Em seguida vêm PSDB, com 1.196.881; PT com 1.156.247; e Partido Democrático Trabalhista (PDT) com 1.020.309. Entre as principais siglas, o Democratas (DEM) - antigo Partido da Frente Liberal (PFL) - foi a que perdeu filiados no período. O DEM conta atualmente com 996.912 filiados, enquanto em 2006 tinha 1.028.460.

Mais conteúdo sobre:
Filiaçãoeleições 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.