PT diz que Serra e Erundina fazem acusações sem provas

O PT rebateu hoje as críticas feitas por dois adversários da prefeita e candidata à reeleição Marta Suplicy. O tucano José Serra afirmou que as nomeações, obras e convênios feitos pela petista são "fontes de desperdício e uma mostra clara de aparelhamento de Estado pelo PT". Já a deputada federal Luiza Erundina (PSB) acusou Marta de criar 31 subprefeituras para ajudá-la a obter maioria na Câmara Municipal.Por meio de nota, o presidente municipal do PT, vereador Ítalo Cardoso, afirma que José Serra decidiu adotar a ?tática de atirar críticas falsas e sem provas para todos os lados? contra o governo do PT e a gestão Marta Suplicy. Segundo ele, o tucano não mostrou proposta concreta para a cidade. ?Enquanto ele perde o tempo dos eleitores com ataques vazios, o PT e a administração Marta continuam trabalhando firme para dar continuidade aos programas já aprovados pela população?, afirma a nota. Em relação à crítica feita por Erundina, uma nota do Comitê de campanha do PT, acusa a ex-prefeita de promover acusações irresponsáveis e sem provas. A nota diz que o PT sempre respeitou a deputada, mas adverte que não irá admitir que Erundina ?manche a ética e a honestidade? da prefeita. ?Agindo assim, Erundina mancha, inclusive, a sua própria história?, afirma a nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.