PT diz que Dilma considera Chalita liderança importante

O presidente do Diretório Estadual do PT de São Paulo, Edinho Silva, disse hoje que a estratégia do seu partido é fechar um amplo leque de alianças nas eleições municipais de 2012. Apesar disso, salientou que há um respeito pelos nomes que já estão sendo colocados pelos partidos que compõem a base aliada do governo da presidente Dilma Rousseff, citando especificamente o PMDB, que vem apostando suas fichas no deputado federal Gabriel Chalita.

TOMAS OKUDA, Agência Estado

26 de novembro de 2011 | 14h51

Ao falar do peemedebista, Edinho destacou: "Há um esforço de aproximação com o PMDB em todo o Estado, mas respeitamos a decisão (dessa sigla). Além disso, a presidente Dilma já disse que considera Chalita uma importante liderança." Mesmo com a afirmativa, lideranças do PT e do PMDB discutem, nos bastidores, a possibilidade das duas siglas se unirem em torno de uma chapa única no pleito do ano que vem, em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
PTDilmaChalita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.