PT diz que corrigirá prestação de contas ´nas próximas horas´

O tesoureiro da campanha que reelegeu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), José de Filippi Júnior, afirmou, em nota oficial divulgada nesta terça-feira, que as questões levantadas pela Secretaria de Controle Interno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que resultaram no parecer pela rejeição das contas da campanha de Lula e do comitê financeiro do PT, serão resolvidas em prestação de contas retificadora que ele enviará ao tribunal. Na nota oficial que divulgou, Filippi diz também que as observações que constam do relatório do TSE representam formalidades em relação ao lançamento de despesas e doações. "Todas as divergências apontadas serão prontamente sanadas nas próximas horas", frisou. O tesoureiro da campanha de Lula diz que a prestação de contas retificadora é uma "possibilidade expressamente admitida na legislação eleitoral". Íntegra da nota NOTA DE ESCLARECIMENTO Prestação de contas da campanha Lula 2006 O Comitê Financeiro da coligação ?A Força do Povo? esclarece que o Parecer elaborado pela área técnico-contábil do TSE, quanto às prestações de contas relativas às eleições 2006, apontou divergências relacionadas às formalidades adotadas quanto ao lançamento de despesas e doações. O Comitê informa que todas as divergências apontadas serão prontamente sanadas nas próximas horas, em prestação de contas retificadora, possibilidade expressamente admitida na legislação eleitoral. Brasília, 5 de dezembro de 2006 José de Filippi Júnior Tesoureiro da Campanha

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.