PT diz na TV que está maduro para governar

Em um programa de 20 minutos veiculado na noite desta segunda-feira em rede de TV, o PT tentou mostrar que é um partido de propostas e realizações e não apenas de críticas e denúncias contra o governo. O presidente de honra do partido, Luiz Inácio Lula da Silva, reconheceu, no início do programa, que em seus 21 anos de espera, o PT no começo preocupava-se mais com as críticas, mas hoje "é uma voz mais forte, mas respeitada, está mais maduro e estruturado." A cúpula petista pregou, em um clipe de 5 minutos, a criação de um novo modelo econômico e de governo para o País, centrando fogo na "seriedade e justiça social", segundo Lula. O programa, com a participação dos cardeais petistas, foi ao ar em 10 Estados. No caso de São Paulo, o programa foi aberto por um dos dois comerciais elaborados pelo publicitário baiano Duda Mendonça, que mostra ratos simbolizando corruptos. A propaganda utilizada em São Paulo mostrou o roedor apoiado por uma ratoeira, com o slogan: "Ou nós acabamos com eles, ou eles acabam com o Brasil". A outra propaganda, que já foi veiculada em outros Estados, mostrava ratos roendo a bandeira brasileira, o que gerou polêmica e críticas do presidente Fernando Henrique Cardoso.Os cinco minutos veiculados em 10 Estados mostraram um grupo de jovens vestindo camisetas brancas com a estrela vermelha, símbolo do partido, cantando um jingle que tem o seguinte refrão: "Bote a estrela no peito, não tenha medo nem pudor" e "Chegou a hora, Brasil, é hora graças a Deus". A propaganda mostrou as propostas e realizações das prefeituras petistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.