PT deve ceder lugar para outros partidos, diz Genoino

O presidente do PT, José Genoino, defendeu hoje que o partido dê lugar a outras legendas na reforma ministerial. "O PT pensa grande. Aprovou que tem que fazer parceria com os partidos. Portanto, o PT tem que ceder espaço para os partidos aliados. O que está em jogo é o sucesso do nosso projeto nacional", disse.O presidente do PT negou que vá assumir um ministério. "Estou muito feliz à frente do partido que governa o país. Nós já demos sugestões e mostramos o cenário para avaliação do presidente", afirmou.Genoino esteve em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, para o primeiro ato político do partido voltado para as eleições municipais: o lançamento do Programa de Governo Participativo do candidato petista à prefeitura, deputado federal Lindberg Farias.A largada para as eleições foi dada pelo PT justamente na cidade em que o partido está aliado ao PSDB, legenda de oposição ao governo Lula, e enfrenta o PMDB, que passou a integrar a base aliada e ganhará pelo menos dois ministérios. Genoino defendeu o diálogo com os tucanos: "Acho importante o governo do PT ter interlocução com algumas lideranças do PSDB, reconhecendo o papel de oposição, mas ter relações civilizadas".Nas eleições municipais, segundo Genoino, o PT buscará alianças já no primeiro turno preferencialmente com os partidos que apóiam o governo, PMDB, PTB, PL, PC do B e PSB. Ele disse que tem conversado com o presidente do PMDB, deputado federal Michel Temer (SP) para que, nas cidades onde não seja possível a aliança dos dois partidos nem no segundo turno, a disputa "não seja uma guerra".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.