PT decide sobre CPI do Lixo amanhã

A bancada petista deve definir amanhã aposição do partido em relação à abertura da CPI do Lixo em São Paulo. Hoje, o assunto foi discutido noPalácio das Indústrias, durante reunião entre a prefeita da capital, Marta Suplicy, o líder da bancada petista,Carlos Neder, o líder do governo municipal, José Mentor, o presidente da Câmara, José Eduardo MartinsCardoso, e o secretário de Governo, Rui Falcão. Na saída do encontro, o vereador Carlos Nader disse que "chegou o momento de a bancada decidir seapós o término de uma das cinco CPIs já abertas entraria a do lixo". Ele declarou que submeterá amanhã àbancada do PT a proposta de CPI pedida pela vereadora petista Aldaíza Sposati, que requisita ainvestigação dos contratos de lixo selados desde 88. "Queremos investigar o Pitta e o Maluf e queremos quea oposição, se tiver alguma coisa de concreto contra o governo, apresente", desafiou Nader. Segundo o presidente da Câmara, José Eduardo Martins Cardoso, na reunião desta manhã, Marta reiterouque a decisão sobre a CPI cabe ao Poder Legislativo e "em nenhum momento ela assumiu a postura deinibir a sua bancada a tomar qualquer decisão", já que "o governo tem certeza de que está dentro dasnormas legais". Apesar de não temer uma investigação, o líder do governo municipal, José Mentor, disse queo partido ainda não tem uma posição definida a respeito da abertura ou não da CPI. "Mas amanhã, havendouma deliberação, o encaminhamento da questão será dado". Segundo nota oficial distribuída hoje, a prefeita está enviando ofício ao Ministério Público para solicitarmaior rapidez nas investigações sobre os contratos emergenciais dos serviços de limpeza da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.