PT decide na 2ª feira se vai ao STF contra fim da noventena na CPMF

A Executiva Nacional do PT marcou para a próxima segunda-feira reunião em que decidirá se entrará ou não com uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a supressão da exigência da noventena (prazo de 90 dias) para o início de novo período de cobrança da CPMF.O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) informou hoje que a decisão de submeter a questão à análise da Executiva foi tomada pelo presidente do PT, deputado José Dirceu (SP), após ser consultado pelos senadores do partido sobre o assunto.Segundo Suplicy, na reunião da Executiva Nacional serão analisados aspectos jurídicos e políticos da questão. A uma pergunta sobre os aspectos políticos que serão levados em conta pelo partido, o senador paulista limitou-se a mencionar aspectos jurídicos relacionados ao não cumprimento da noventena no caso de cobrança de um imposto que está sendo prorrogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.