PT de SP reage a pacote anticrise

Partido quer que tucano reduza ICMS por quatro meses

Clarissa Oliveira, O Estadao de S.Paulo

18 de fevereiro de 2009 | 00h00

Para se contrapor ao governador José Serra (PSDB), o PT de São Paulo vai divulgar hoje sua própria lista de propostas para combater os efeitos da crise econômica internacional. O anúncio ocorre menos de uma semana após o governo paulista ter apresentado um pacote de medidas que prevê, por exemplo, a aceleração de investimentos públicos.Apoiados no discurso de que as medidas de Serra são insuficientes para enfrentar a crise, petistas planejam cobrar algumas iniciativas semelhantes às executadas na esfera federal pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A versão preliminar do texto do PT, que circulou na última reunião do Diretório Estadual da legenda, pede, por exemplo, a ampliação da verba de programas de transferência de renda como o Ação Jovem e o Renda Cidadã. Outra demanda é um alívio maior na cobrança do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Petistas querem a redução das alíquotas por quatro meses, para vários setores. Entre as cobranças, aparecem ainda o congelamento de tarifas do metrô e a redução de preços "abusivos" dos pedágios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.