PT de Ribeirão quer Palocci candidato a deputado federal

O presidente do PT de Ribeirão Preto, vereador Jorge Parada, afirmou que o partido defenderá a candidatura do ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, a deputado federal e que irá consultá-lo formalmente sobre a possibilidade da disputa. "O partido não tem candidato a federal definido ainda (em Ribeirão Preto) e o Palocci seria um deputado praticamente eleito que ainda puxaria outros nomes na bancada", disse Parada. "Nós vamos consultá-lo e só depende dele decidir ou não", completou o presidente do PT. Parada assina uma nota oficial da Executiva do PT de Ribeirão Preto, na qual o partido, além de se solidarizar com o ex-ministro, critica a oposição. De acordo com o documento, a ofensiva contra Palocci, além de atingir a honra pessoal do ex-ministro, tem como objetivo "desestabilizar o governo democrático e popular" do presidente Luiz Inácio Lula da Silva."As forças conservadoras representadas na oposição tucano-pefelista atacam o governo federal buscando o desgaste do companheiro Palocci", informa a nota. Veja a íntegra da nota oficial do Partido dos Trabalhadores de Ribeirão PretoNós da Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores de Ribeirão Preto nos solidarizamos com o companheiro Antonio Palocci no momento em que não somente sua vida pública, mas também sua honra pessoal são atacadas. Esta ofensiva busca destruir a historia de luta pelo povo brasileiro de Palocci e em última instância tem como objetivo desestabilizar o governo democrático e popular do presidente Lula.Neste momento em que as forças conservadoras representadas na oposição tucano-pefelista atacam o governo federal buscando o desgaste do companheiro Palocci, reafirmamos nosso apoio às conquistas econômicas, políticas e sociais de nosso governo como: a retomada de nossas exportações, a estabilidade da inflação combinada com a retomada do crescimento econômico, o aumento dos empregos formais, a transferência de renda por meio do programa Bolsa Família, a criação do PROUNI e as expansões das Universidades Federais, entre muitas outras conquistas.Continuamos, portanto, na linha de frente de defesa ao governo federal liderada por nosso partido e sublinhamos nossa solidariedade ao companheiro Palocci, uma das lideranças partidárias fundamentais para nossa vitória nas eleições de 2002 e pelas conquistas de nosso governo que ficam cada vez mais evidentes para a maioria da sociedade brasileira.Jorge Parada Presidente Partido dos Trabalhadores

Agencia Estado,

28 de março de 2006 | 12h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.