PT corrige para R$ 157 mi o custo de campanha de Dilma

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia divulgado o valor de R$ 187 mi

Ricardo Chapola, do estadão.com.br

05 Julho 2010 | 17h01

SÃO PAULO - O PT divulgou nesta segunda-feira, 5, comunicado que corrige o valor dos custos da campanha de Dilma Rousseff, estimados em R$ 157 milhões, diferente do valor publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que trazia R$ 187 milhões.

 

Veja também:

 

 

Dilma registra candidatura no TSE e prevê gasto de R$ 187 mi

 

 

A diferença de R$ 30 milhões refere-se ao PMDB, o que, segundo o advogado do PT, Sidney Neves, "não significa que eles (os R$ 30 mi) devam ser acrescidos aos R$ 157 mi". De acordo com a resolução 23.217/2010 do TSE, os R$ 30 milhões estão incluídos nos R$ 157 milhões.

 

A resolução do TSE determina que: "os valores máximos de gastos relativos à candidatura de vice e suplente estarão incluídos naqueles pertinentes à candidatura do titular e serão informados pelo partido político a que forem filiados os candidatos".

Mais conteúdo sobre:
Eleições2010 Dilmarousseff campanha valor

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.