PT confirma vitória de ala de apoio a Roseana no MA

Oposição alega fraude, porém Executiva Nacional do PT confirma vitória de Raimundo Monteiro

Vera Rosa, da Agência Estado,

22 de dezembro de 2009 | 20h48

Impensável num passado não muito distante, a aliança entre o PT e o PMDB no Maranhão está a um passo de ser consolidada. Motivo: o grupo petista favorável ao apoio à governadora Roseana Sarney venceu a eleição interna para o comando estadual do partido, numa disputa marcada por acusações de fraude entre os concorrentes. Mesmo assim, a Executiva Nacional do PT decidiu na terça-feira, 22, manter o resultado, com voto dos filiados, que deu a presidência da legenda no Maranhão ao ex-superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) Raimundo Monteiro.

Na semana passada, o PT do Maranhão - dirigido pelo deputado federal Domingos Dutra - havia decidido anular o segundo turno da disputa petista. "Acompanhamos o processo lá e não vimos motivo para concordar com essa anulação", afirmou o presidente do PT nacional, deputado Ricardo Berzoini (SP). Domingos Dutra apoiava Augusto Lobato, que ficou em segundo lugar, e é contra à aliança do PT com Roseana. Lobato integra a corrente Mensagem ao Partido, do ministro da Justiça, Tarso Genro. Monteiro, o vencedor, é da Construindo um Novo Brasil, grupo majoritário no PT.

"Nós somos a favor da aliança do PMDB com a ministra Dilma Rousseff, com o PT nacional, mas não somos obrigados a apoiar lideranças incompatíveis com a nossa dignidade e com a nossa história, como o senhor José Sarney e a dona Roseana", disse Domingos Dutra, ao citar o presidente do Senado, além da governadora. Dutra acusou Roseana de se "intrometer" na eleição do PT no Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010PTSarneyMA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.