PT conclama militância para sair em defesa de Lula

O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), deputado estadual Rui Falcão, divulgou um vídeo nesta quarta-feira conclamando a militância do partido a "expressar sua indignação" contra o depoimento do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza ao Ministério Público Federal (MPF), onde afirmou que o esquema do Mensalão pagou despesas pessoais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No vídeo, Falcão condenou a divulgação do que chamou de "sucessão de mentiras envelhecidas" e disse que o vazamento pelo MPF colabora "com essa campanha terrível de tentar incriminar o nosso partido".

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

12 de dezembro de 2012 | 15h45

"Nós repelimos essa campanha de calúnia que está sendo veiculado na mídia", disse o dirigente petista, reafirmando a solidariedade do PT a Lula, presidente de honra da legenda. No vídeo de 1 minuto e 45 segundos, Falcão afirma que a maioria dos brasileiros está "indignada" com as declarações de Valério sobre Lula.

O cacique petista também desqualificou as declarações de Marcos Valério ao MPF. "Uma pessoa como o (ex-)presidente Lula, que mudou a face do Brasil, que ajudou a tirar milhões de pessoas da miséria, que reforçou a nossa democracia, é atacado agora por uma pessoa que está condenada, que não tem nenhuma credibilidade e calunia o nosso presidente", avaliou.

Falcão lembrou o respeito internacional conquistado por Lula e citou o apoio do presidente da França, François Hollande, que ontem, 11, elogiou o ex-presidente brasileiro por promover um governo de desenvolvimento econômico "excepcional". O dirigente disse que Hollande "está indignado" com a campanha contra Lula. "O François Hollande, diante de uma pergunta de um jornalista, fez questão de dizer que está indignado com essa campanha de calúnia, que o (ex-)presidente Lula é um líder mundial e nessa condição também precisa ser respeitado", ressaltou.

Tudo o que sabemos sobre:
PTdefesaLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.