PT começa a usar Dilma na campanha de Porto Alegre

No mesmo dia em que a candidata do PCdoB, Manuela D''Ávila, foi impedida pela Justiça de dizer que foi vice-líder de Dilma Rousseff no Congresso Nacional, o candidato do PT à prefeitura de Porto Alegre Adão Villaverde usou uma fala da presidente da República pela primeira vez em sua propaganda eleitoral, na noite desta segunda-feira.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

27 de agosto de 2012 | 21h22

Manuela trocou seus textos e passou a informar que foi vice-líder do governo federal no Congresso. Villaverde não usou um depoimento direto, mas exibiu Dilma falando, em pronunciamento, que "educação é fundamental, é a chave para que o Brasil se torne de fato um País desenvolvido". Em seguida, a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, citou programas sociais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma e pediu votos para o correligionário. "Villa (apelido do candidato) fará por Porto Alegre o que estamos fazendo no Brasil", afirmou. O candidato prometeu garantir educação infantil para todas as crianças de seis meses a quatro anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.