PT anuncia apoio ao ex-tucano Amary em Sorocaba

O PT anunciou oficialmente nesta terça-feira o apoio à candidatura de Renato Amary, do PMDB, à prefeitura de Sorocaba. Renato enfrenta no segundo turno o candidato Antonio Carlos Pannunzio, do PSDB. A decisão, anunciada no escritório político do peemedebista, havia sido tomada na noite anterior, em reunião com a presença de mais de cem petistas, dos quais 31 com direito a voto. Houve resistência porque Amary era do PSDB quando foi prefeito da cidade entre 1997 e 2004 e o PT estava na oposição.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

16 de outubro de 2012 | 15h25

De acordo com o presidente municipal José Carlos Triniti Fernandes, a proposta do apoio venceu por "maioria esmagadora" as outras duas, pelas quais o partido permaneceria neutro ou liberava os filiados a votar em quem quisessem. Segundo Fernandes, a proposta aprovada atendeu a um pedido do PT estadual e nacional. "O PMDB é parceiro no governo federal e tem sido parceiro em várias prefeituras que o PT disputa", justificou. Segundo ele, o apoio do PT vale principalmente para as cidades em que partidos aliados disputam com o PSDB, como é o caso de Sorocaba.

Nesta eleição, Renato chegou a ter a candidatura impugnada em razão de um pedido feito pelo vice-presidente do PT de Sorocaba, Arnô Pereira, com base na Lei da Ficha Limpa, mas o candidato conseguiu reverter no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com Fernandes, a medida foi ato isolado do petista. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou mensagem de apoio ao peemedebista Renato e a fala de Lula ainda será usada na propaganda do candidato.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012Sorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.