PT agora preside a Câmara, o Senado e a República

É a 1ª vez que isso ocorre desde o governo de Sarney, quando o PMDB teve o domínio completo nos cargos

JOÃO DOMINGOS, Agencia Estado

12 Outubro 2007 | 20h26

Com a licença por 45 dias de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado, o PT terá, mesmo que provisoriamente, as presidências da República, da Câmara e do Senado, com Luiz Inácio Lula da Silva, Arlindo Chinaglia (SP) e Tião Viana (AC), respectivamente. É primeira vez que isso ocorre desde o governo de José Sarney (1985-1990), em que o PMDB teve o domínio completo de todos os postos.       Veja também:    Lula negociou saída de Renan Calheiros para salvar CPMF  Na presidência, petista Tião Viana quer aprovar a CPMF  Roberto Romano: 'Saída de Renan não resolve crise, mas ajuda CPMF' Quando Sarney assumiu a Presidência, o ex-deputado Ulysses Guimarães (SP) ocupou o comando da Câmara de 1985 a 1989 e Paes de Andrade (CE) o sucedeu até 1991. Ulysses foi ainda presidente da Assembléia Constituinte (1987/1988) e vice-presidente de Sarney, já que este, vice de Tancredo Neves (PMDB), eleito pelo Colégio Eleitoral em janeiro de 1985, adoeceu e não chegou a ocupar a cadeira de presidente.Desde então, nunca houve coincidência de o partido do presidente da República ter também o comando do Senado e da Câmara. Com Fernando Collor (PRN), presidente de 1990 a 1992, os presidentes do Senado foram Nelson Carneiro (PMDB-RJ) e Mauro Benevides (PMDB-CE); a Câmara foi dirigida nesse período por Paes de Andrade e Ibsen Pinheiro (PMDB-RS).Itamar Franco (PRN)presidiu o País de outubro de 1992 a 31 de dezembro de 1994. No Senado, o poder estava, primeiro, com Mauro Benevides; depois, com Humberto Lucena (PMDB-PB). Quando Itamar assumiu, o presidente da Câmara ainda era Ibsen Pinheiro, que foi substituído por Inocêncio Oliveira (PFL-PE). Nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), os presidentes do Senado foram José Sarney (PMDB-AP), Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), Jáder Barbalho (PMDB-PA), interinamente Edison Lobão (PFL-MA), e Ramez Tebet (PMDB-MS). Os presidentes da Câmara foram Luís Eduardo Magalhães (PFL-BA), Michel Temer (PMDB-SP), Aécio Neves (PSDB-MG) e, interinamente, Efraim Moraes (PFL-PB).Nos governos de Lula, os presidentes do Senado foram José Sarney e Renan Calheiros, que agora será substituído por Tião Viana; os da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), Severino Cavalcanti (PP-PE), Aldo Rebelo (PC do B-SP) e Arlindo Chinaglia (PT-SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.