André Dusek/Estadão - 03.04.2014
André Dusek/Estadão - 03.04.2014

PSOL vai lançar Chico Alencar à presidência da Câmara

Com cinco deputados, bancada quer marcar posição contra candidaturas do PMDB, PT e PSB

DAIENE CARDOSO, O Estado de S. Paulo

23 de janeiro de 2015 | 13h13

Com uma bancada de apenas cinco parlamentares, o PSOL decidiu na noite desta quinta-feira, 22, lançar a candidatura de Chico Alencar (RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados. O objetivo é marcar posição contra as candidaturas do peemedebista Eduardo Cunha (RJ), do petista Arlindo Chinaglia (SP) e de Júlio Delgado (PSB-MG).

O partido discutia internamente a possibilidade de apoiar Delgado, visto como uma candidatura de independência em relação ao Palácio do Planalto, já que Cunha e Chinaglia são postulantes de partidos da base governista. Alencar já disputou o comando da Casa em 2011 e 2013.

"Esta decisão da bancada buscará expressar não os interesses da corporação, mas do corpo social na sua diversidade, nas suas carências, na afirmação de seu protagonismo", diz a nota divulgada pelo deputado em sua página do Facebook. Compõem a bancada do PSOL os deputados Ivan Valente (SP), Jean Wyllys (RJ), Edmilson Rodrigues (PA) e Cabo Daciolo (RJ).

A eleição para a presidência será em 1º de fevereiro, mesmo dia da posse dos deputados eleitos. Arlindo Chinaglia conta com o apoio do PT, PROS, PC do B, PSD - ele ainda articula a aliança com outras legendas. Apesar de ser o principal aliado do governo federal, o PMDB apoia Eduardo Cunha, nome que desagrada o Planalto. Já o PSDB declarou apoio a Júlio Delgado.

*

Tudo o que sabemos sobre:
CâmaraPSOLChico Alencar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.