PSOL recorre ao Supremo contra sessões secretas

Para evitar que sessões de cassação de senadores sejam secretas, como a que absolveu Renan Calheiros (PMDB-AL), o PSOL ajuizou ontem, no Supremo Tribunal Federal, ação direta de inconstitucionalidade contra o artigo do regimento interno do Senado que garante sessões fechadas nestas votações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.